Posts Tagged ‘olimpiadas 2008’

Nem só de Kimono se bronzeia uma nação

agosto 12, 2008

Os milhões de internautas que acompanham o Bronze Brasil já repararam que o Judô tem sido privilegiado nessa primeira semana de jogos. Não é pra menos, foram 3 vitórias e muitas outras por vir, no mais bronzeado dos esportes olímpicos. Contudo, continuamos atento a todas as competições.

Nesta madrugada teremos brasileiros na natação, esgrima, tiro esportivo e vela. Além de notícias geniais de atletas de outras nacionalidades.

Quer um exemplo?

Campeão de boxe perde chance de medalha ao se confundir com resultado.

Leiam, por favor. O cara prova nossa tese que bronze vale mais – foi um ato falho, já que ele deveria ter entregue a semi-final. É o chamado cacoete de campeão.

Anúncios

Tiago Camilo, herói popular

agosto 12, 2008

Mais uma madrugada bronzeada para o Brasil. Dessa vez foi Tiago Camilo quem colocou no peito a tão sonhada medalha de bronze. O campeão mundial precisou segurar sua força para não ficar com o ouro.

Orgulho nacional - foto: Marcelo Pereira / Terra

Segundo o comentaria de uma rede de televisão “Camilo segurou sua força até tomar o segundo Waza-ari”, e completou; “perder do alemão era fundamental, tanto para segurar o número de bronze dos germânicos quanto para garantir uma boa chance na repescagem”. E deu certo. Depois da derrota foi só vencer mais 3 adversários e garantir o degrau baixinho.

Fora a emoção e o orgulho que uma conquista dessas no dá, ainda devemos comemorar a derrota da Holanda, nossa inimiga direta no quadro de medalhas (como veremos no próximo post).

Essa pegou o espírito!

agosto 11, 2008

“Acho que já posso morrer”, diz técnica de Ketleyn após o bronze. (leia matéria e chore no pé do pódia).

Guilheiro: medalha de Ketleyn é mais importante. (outra das boas).

Obrigado, Brasil.

Um e nada

agosto 9, 2008

O primeiro dia de Olimpíadas se foi. E por enquanto, nada de medalhas de bronze para o Brasil.

A contagem segue aberta e o povo brasileiro, ansioso pelo primeiro bronzezinho tupiniquim.

Enquanto isso, Estados Unidos, Argentina, Coréia do Norte, Croácia, Holanda, Japão, Suiça, Taiwan e Uzbequistão já largaram na frente, cada um com um bronze. É bom ficar de olho e não deixar eles abrirem muita vantagem.

DEZ DE BRONZE É QUASE ONZE.

Um bronze a menos

agosto 6, 2008

Enquanto esportes insignificantes (e ridículos) como badmington, saltos ornamentais e atletismo fazem parte do calendário olímpico, o popular Beach Tennis está de fora. E nós brasileiros temos muito a lamentar.

No mundial realizado recentemente na Itália, a equipe brasileira ficou com o bronze, vencendo a Austrália na decisão do terceiro lugar.

COI sacaneando o galerão

É uma pena que Marcela, Rodrigo, Adão e Joana não possam brilhar nas areias artificiais de Beijing! Quem sabe em Londres 2012.

Envergonhado com Prata, português desiste de competir

agosto 6, 2008

O ciclista Sérgio Paulino, até então esperança de bronze da delegação portuguesa, decidiu não competir em Beijing. Prata nos jogos de Atenas, o atleta vinha se recuperando bem da crise de alergia que sofreu em março, mas decidiu não arriscar ser duas vezes prata em olimpíadas.

Segundo o atleta, a prata “conquistada” em 2004 foi humilhante demais. “Tentei dosar minha velocidade mas o adversário francês apertou o freio bem perto da linha de chegada… não tive como evitar a ultrapassagem. Fiquei com a prata e só eu sei como foi difícil agüentar a vergonha… não quero me submeter a este risco novamente” – emocionante depoimento.

Brasil não se abala com secação americana

agosto 5, 2008

A Sports Ilustrated divulgou ontem seu tradicional prognóstico para os jogos olímpicos. Segundo a revista estadunidense, o Brasil sairia de Beijing com 6 medalhas de bronze: duas no judô, uma no atletismo, uma no futebol feminino e uma no taekwondo.

Não foi divulgado de onde viria a sexta medalha, mas certamente é uma forma de incentivo ao nosso esporte, deixando em aberto a chance e a esperança de ser terceiro para diversas modalidades.

Agora é com nossos meninos! Basta o Scheidt deixar a vela enroscar numa regata, o Giba perder uns 5 ataques seguidos e a Daiane refugar – como fez em Atenas – e o bronze é nosso.

Rumo ao 10 em bronze.

Futebol na medida

agosto 1, 2008

A seleção de Dunga está no caminho certo rumo ao sonhado bronze em Beijing. Na manhã desta sexta-feira, jogando em Hanói, o Brasil venceu apenas por 2 a 0 a seleção do Vietnã.

Segundo o coordenador técnico do time, o momento é de preparação e as criticas são normais. “Mais importante que golear os asiáticos é preparar nosso time para jogar um futebol na medida, sabendo quando atacar e quando ficar fragil na defesa” – disse a imprensa local. “Hoje em dia todas as equipes entram pensando no Bronze, queremos repetir o sucesso de Atlanta e chegar na decisão do terceiro lugar com chances”.

Perguntado sobre a atuação do goleiro Renan, que fechou o gol no jogo de hoje, o dirigente retrucou: “temos um time de garotos inexperientes. Vida de goleiro não é fácil, mas tenho certeza que Renan estará preparado para falhar na hora certa e será decisivo para nosso sucesso”.

O Brasil está no grupo C, junto com China, Nova Zelândia e Bélgica.

Na foto (site Terra): jogador marcelo se controla para não desarmar virtmamita.