Posts Tagged ‘beijing’

Quadro de Medalhas -20 de Agosto

agosto 21, 2008

Antes que mude, apresentamos o tão comentado Quadro de Bronze. A situação brasileira só piora – estamos empatados com um monte de paises que também têm 5 bronzes, o que nos salva é o fato de estarmos zerados em prata.

Confira a briga entre chineses e russos pela segunda posição, observada calmamente pelos lideres estadunidenses.

Restam 4 dias de provas para o Brasil conquistar mais 5 bronzes e atingir a meta. Esperamos que a madrugada de hoje faça parte desta trajetória. Fique ligado! Estaremos de plantão acompanhando a Vela, o Atletismo com Jadel e onde mais houver um dos nosso atletas rumo ao terceiro lugar.

Anúncios

Corrente de Bronze para frente

agosto 18, 2008

Brasileiros de todas as nacionalidades estão entrando no clima do Bronze Brasil. Com a conquista da nossa quinta medalha de bronze, nosso sonho de bater o recorde olímpico parece estar mais próximo. Faltam apenas 5 medalhas. Restam 6 dias de jogos. O sonho é possível. O bronze é nosso.

Se você ainda não está convencido, olhe esse lindo e inspirador vídeo que recebemos hoje de manhã, de um brasileiro que está acompanhando os jogos EM PEQUIM:

Faça parte dessa corrente. Grave a sua mensagem de otimismo e de fé nos 10 de bronze e mande o link para bronzebrasil2008@gmail.com
Nós vamos postar todas as mensagens e fazer elas chegarem a nossos atletas. Vamos, Brasil.
Dez de bronze é quase onze.

Um e nada

agosto 9, 2008

O primeiro dia de Olimpíadas se foi. E por enquanto, nada de medalhas de bronze para o Brasil.

A contagem segue aberta e o povo brasileiro, ansioso pelo primeiro bronzezinho tupiniquim.

Enquanto isso, Estados Unidos, Argentina, Coréia do Norte, Croácia, Holanda, Japão, Suiça, Taiwan e Uzbequistão já largaram na frente, cada um com um bronze. É bom ficar de olho e não deixar eles abrirem muita vantagem.

DEZ DE BRONZE É QUASE ONZE.

Atletas prontos para “acertar no caramujo”

agosto 7, 2008

Como manda a tradição, a primeira medalha dos jogos sairá já no dia da abertura, com uma prova de Tiro Esportivo. E o Brasil está no páreo! Vale lembrar que foi nessa modalidade que conquistamos nosso primeiro bronze, na olimpíada de 1920, com o lendário Afrânio da Costa – o Billy the Kid de Macaé.

Dessa vez, o legado de defender nossa nação está nas cartucheiras de Julio Almeida e Stenio Yamamoto, que vão competir na pistola de 10m – sendo 10 metros a distância do alvo, e não o tamanho da pistola, como poderiam imaginar alguns.

Circulando!

Um país que gasta tanta munição no seu dia-dia pode ter um desempenho melhor no tiro. Opinião corroborada pelo técnico da equipe, que garante que as dificuldades são muitas, mas temos chances: “é uma prova muito difícil, acertar na mosca não adianta quando se quer o terceiro lugar. O macete é acertar de raspão no alvo, milimetricamente desviado do centro, o que os atiradores mais vividos chamam de acertar no caramujo”.

Se depender da disposição da dupla e do treinador, já estamos com o bronze engatilhado.