A força da Armênia

Enquanto o Brasil usa seus músculos no Judô, os armênios garantem bronzes em outras provas de força. É assim que nossos inesperados rivais vêm realizando uma campanha impecável nos jogos de Beijing, com 5 bronzes e nenhuma prata.

Três destas medalhas vieram no levantamento de peso masculino, sendo duas delas por atletas chamados Tigran Martirosyan, os homônimos do bronze. A força bruta continua ajudando os caucasianos na luta greco-romana, com triunfos de Amoyan e Patrikeev.

Brasil e Armênia lutam medalha a medalha por posições no quadro de bronze desde o inicio da olimpíada, no momento estamos atrás, mas pelo menos bem na frente da Argentina.

Anúncios

Tags: , , ,

5 Respostas to “A força da Armênia”

  1. Robinho Says:

    Caraca, muito comédia o blog. Racho de rir.

    Eu fiz dois posts sobre as olimpiadas e citei vcs.

    Catei uma imagem de vcs tb, espero que não se importem

    http://www.tolicesdoorkut.com

    vlw

  2. jelena Says:

    Ainda acho que o Tadjiquistão se tornará a maior potência bronzeada do judô em questão de oito anos.

    Esperem,e verão.

  3. medalhista Says:

    Farei minhas apostas!

    Robinho: relaxa. Aqui todo brasileiro pode tudo.

  4. Bruno Says:

    huuhahuahuauhhau
    Blog comedia demais!
    Ta mandando bem! Medalha de Bronze pro blog!

  5. Ricardo Says:

    ahauheauh, muito bom o blog xD

    É bronze, Brasil! (Bonita aliteração, não?)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: