Posts com Tag ‘vôlei de praia’

Plantão – Aleluia!

agosto 22, 2008

FINALMENTE saiu o sexto bronze brasileiro nos Jogos de Beijing!

Depois do trágico dia de ontem, com pratas e derrotas, a genial dupla Ricardo e Emanuel nos alegra com a conquista do terceiro lugar no vôlei de praia. Os jogadores mostraram que os anos de sol e praia não foram em vão e bombardearam a Georgia, dos também brasileiros Jorge e Renatão, com mais violência do que a força aérea russa.

A dupla, que em olímpiadas passadas já amargou uma prata e um ouro, finalmente conseguiu colocar um bronze no peito e agora já faz parte do hall dos atletas maiores.

"Perdemos para poder ganhar" - Ricardo comemora com Emanuel o Pacto pelo Bronze

Valeu, meninos! Agora faltam só quatro.

Fui à praia pegar um bronze

agosto 18, 2008

Após um final de semana de desempenho pífio dos tupiniquins na China, o cheirinho de bronze está no ar novamente. Chance concreta no caminho do Brasil.

A bola da vez é a do vôlei de praia.

A vitória de Renata e Talita hoje sobre a Austrália colocou a dupla dentro do grande templo sagrado do bronze: as semifinais. As duas fizeram uma campanha perfeita: invictas desde a primeira fase dos Jogos, 100% de aproveitamento. Justamente o desempenho que precisavam para enfrentar as americanas Walsh e May – que patrolaram a outra dupla brasileira, Ana Paula e Larissa – nesta fase.

Sem dúvida, uma situação extremamente confortável para a nossa duplinha. A estatística joga a favor: Walsh e May são as atuais campeãs olímpicas e nunca conquistaram o bronze olímpico. Renata parece confiante na derrota: “Walsh e May estão jogando muito. Elas são as melhores do mundo. Não existe quase nenhuma chance de não disputarmos o terceiro lugar.”

“A gente vai ter que suar pouco se quisermos brigar por esse recorde.”, declarou Talita em entrevista exclusiva ao Bronze Brasil, se referindo à campanha pelos 10 bronzes brasileiros.

Mas temos que ter cuidado. Foco, meninas. O clima de “já perdeu” é perigoso. Esse negócio de entrar de salto baixo – principalmente no vôlei de praia – já colocou muito atleta pouco experiente na final. A zebra é sempre uma possibilidade e não queremos correr o risco de ver os Estados Unidos abocanhando mais um bronze e disparando no quadro de medalhas.

precisamos afastar o bronze das americanas.

Sai pra lá: precisamos afastar o bronze das americanas.

A China é que se deu bem e já garantiu ao menos uma dupla na disputa do bronze. A outra vaga para a decisão do terceiro será disputada por duas duplas chinesas: Xue e Zhang Xi contra Tian Jia e Wang.

A dupla brasileira está confiante na derrota.

A dupla brasileira está confiante na derrota.

Este post é um oferecimento de

**********************

Não perca amanhã, em Bronze Brasil:

- O quadro de medalhas atualizado;

- O prognóstico e as reais chances de bronze para o Brasil em todas as modalidades;

- A estratégia de sucesso de Bernardinho rumo ao bronze inédito.

Boa noite, Hanoi (nenhum sentido)

agosto 14, 2008

Bem amigos do Bronze Brasil, estamos prontos para mais uma madrugada de muito Judô. Dessa vez nossas esperanças de bronze estão com Luciano Corrêa e Edinanci Silva, os dois na categoria meio-pesado, cada um em seu gênero (sem piadas com a moça, pessoal).

Nenhuma das outras modalidades que contam com a participação de brasileiros distribui medalhas nesta madrugada, o que nos deixa numa situação incomoda de provável perda de posições no ranking de bronze. Vale torce por bons desempenhos na Vela, no Volei de praia e quadra, nas eliminatórias da natação e do hipismo. É plantar resultados razoáveis agora para colher bronzes depois.

Acompanha durante toda a madrugada, uma chuva de informações aqui.

Plantão! Brasil de todos os Santos

agosto 13, 2008

Eduardo Santos é o nome da madrugada. O judoca brasileiro venceu a primeira e a segunda rodada da sua categoria e está nas quartas-de-final. Alguns analistas dizem que ele deveria ter perdido do campeão mundial (seu segundo adversário), na esperança de entrar na repescagem – mas a presença na semi-final já garante essa oportunidade, bastanto apenas tomar um ippon de seu próximo adversário.

Com a derrota, nosso atleta aumenta suas chances de participar da repescagem e faturar o bronze. A luta acontecerá nos próximos minutos. Fé no santos.

No vôlei de praia, a dupla feminina Ana Paula e Larissa perdeu para as australianas por 2 x 0, o que nos dá esperança de que as meninas tenham encontrado seu jogo. A dupla formada as pressas já está naquele ponto ideal, no equilíbrio da qualidade suficiente para as semi-finais, mas sem ambição do ouro.

Mais notícias em uma hora.

Vôlei de canga antes do bronze

agosto 1, 2008
Larissa e Juliana comemoram o abandono do circuito mundial de vôlei

Larissa e Juliana comemoram o abandono do circuito mundial de vôlei (Foto do Globo Esporte)

A dupla Juliana e Larissa, esperança de bronze para o Brasil no vôlei de praia, abandonou a etapa austríaca do Circuito Mundial. O movimento pode ser considerado um ensaio do que as musas devem apresentar nas areias forjadas de Pequim.

“Deixamos o circuito nas quartas-de-final para que a torcida perceba nossa disposição em não chegar à prata”, declarou Juliana, que voltou a jogar 40 dias após romper o ligamento do joelho direito.


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.